quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Foste tu.

Vivemos num mundo onde existem milhões de pessoas e podia ser qualquer uma delas, mas não, foste tu.
Não sei porquê, mas foste. Não sei porquê mas apareceste e eu não podia estar mais grato por isso.
Não consigo deixar de pensar naquilo que tu realmente vales.
Admiro-te em todos os aspectos e mais alguns. Vejo-te de todas as maneiras.
Sinto tudo o que tu sentes e tu sentes tudo aquilo que eu sinto.
Necessito de ti como ninguém, eu preciso do teu ar, do teu sorriso, para poder respirar. Quero ver esse teu sorriso para também poder sorrir.
O meu medo é que os dias vão ficando cada vez mais curtos, o mundo qualquer dia acaba, a terra deixa de girar à volta do sol, e o medo de te perder aumenta.
Nunca vou deixar de lutar por nós, porque só tu me fazes bem, só tu me fazes soluçar de tanto rir, só tu me deixas inteiramente cheio de felicidade. Só tu me deixas completamente apaixonado. Só tu fazes com que sinta isto tudo, independentemente do que venha amanhã.
Vai ser sempre assim, prometo. Não vou deixar que nada destrua tudo o que temos.
És o meu orgulho.



Foto tirada por mim.

5 comentários:

  1. O amor é bonito, faz parte dos nossos sentimentos interiores, o que torna o coração grande como um planeta. José Paz

    ResponderEliminar
  2. AMO-TE HOMEM DA MINHA VIDA!

    ResponderEliminar
  3. Gostei...

    Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/

    ResponderEliminar